17 de abril de 2013

Senhor Morto



Por todas as ilhas e também por todo continente, a comunidade católica na sexta-feira santa, realiza inúmeras manifestações pascais, lembrando  a crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo. A comunidade do Porto Formoso não era exceção.
Na frente seguia uma cruz grande, enlaçada com um pano branco, simbolizando a crucificação de Jesus Cristo que descida da cruz. Atrás seguia uma espécie de caixão com a imagem do Senhor Morto, seguindo-se  a imagem de Nossa Senhora  das Dores, e as Verónicas a relembrar  a angústia de uma mãe que assistiu à morte, na cruz, do seu Filho. De vez em quando ouvia-se uma matraca – objeto utilizado nos dias anteriores à Páscoa, em muitas igrejas,  para substituir os sinos.
Era o sinal de paragem para se  ouvir o cântico da Verónica:
Oh vós todos que passais, por esta vida com amor!
Ouvi meus prantos, meus ais e atendei à minha dor!
Atendei e vede, se há dor que à minha se compare!
Atendei! … Atendei! … Atendei!...
Durante este  cântico  a Verónica exibia um pano com o rosto de Cristo. 
Este ritual era repetido várias vezes ao longo do percurso. Nas janelas das casas por onde passava a procissão viam-se velas acesas.



1 comentário:

The Song Of The Bird disse...

Mais uma excelente foto onde decorre uma manifestação religiosa característica da Semana Santa. Procissão que, infelizmente, foi perdendo intensidade ao longo dos tempos. A vida também é composta de alguma nostalgia, e essas fotos realçam essa vertente.

Cump.